sábado, 14 de janeiro de 2012

Get Intimate With Communism History

Infelizmente, manifestações de humor de boa qualidade por parte da esquerda (principalmente da dita esquerda brasileira) são ocasiões raríssimas. A quantidade de ícones sagrados a serem cultuados é grande para que se possa aventar desanuviar por um breve momento a carranca. É indistinguível para a esquerda a linha divisória entre a chacota e a adstringência fina. Por isso é louvável ver que o Museu do Comunismo, em Praga, desde 2008, vem promovendo uma campanha de aproximação do público com a história do comunismo através de uma série de imagens em que coloca figuras distintas do movimento em situações comezinhas (algumas picantes), e brinca com situações regimentais que até há alguns anos acreditava-se serem impermeáveis ao riso. Seguem abaixo.








"Remember 1969?" é ótimo!




Claro que aqui, tripudiar com um dos santos nacionais só pode ser coisa de uma direita psicopata e suja.


2 comentários:

  1. Colocar Stalin cercado por mulheres não é engraçado; seria melhor vê-lo cercado de homens... A gravura com o Lula é divertida, ainda mais associada ao título do livro do Fernando Gabeira, o da tanguinha que hoje é um fantasma do Fernando Henrique Cardoso, um fantasma alter-ego, que merecia também uma gravura humorística. Mas não sei se falta humor à "esquerda"; o que falta mesmo é "a" esquerda.

    ResponderExcluir
  2. Eu não poderia concordar mais, Rachel.

    ResponderExcluir